segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Um pedido

Desde que tomei conhecimento deste "ponto de encontro" dos Antigos Alunos do DCA, que o visito diariamente. Parece-me que muitos colegas, que no tempo de estudantes, eram escribas activos no saudoso "O CÁBULA", esqueceram-se como é que se escreve ou neste caso, se tecla. Lembram-se?
Pois é, fiz parte do grupo fundador desse jornal da AECA fotocopiado. Onde estão, os "jornalistas" Eugénio Diogo, Jorge "Rabiçais" (a tua foto está neste blogue, mas textos, nada!), Zé António Pacheco (o famoso ZAP e o seu Chá do Porto Formoso), o Ricardo Madureira (os seus poemas e a música dos Vá Vá Diz Lá!), o João Martinho, o Jorge Tiago, o Luís Miranda, entre tantos outros, que agora não me ocorre. De que é que estão à espera? Apareçam, pá! Que já vai sendo hora!!! Fico à espera!
ESCREVAM, PUBLIQUEM FOTOGRAFIAS E CONTEM AS MUITAS HISTÓRIAS QUE FIZERAM A HISTÓRIA DO DCA!!!

8 comentários:

Adelaide disse...

É assim mesmo, tem que se chamar os bois pelos nomes, senão só espreitam, deixam o rabo de fora e nada, que agora já nem podem comentar! Boa Quim! E a nossa foto?

Presidente disse...

Adelaide, e restantes amigos;

Todos podem continuar a comentar!
Todos, mesmo os que ainda não mandaram os seus dados de contacto, mesmo os que nunca mandarão... todos! O blogue ainda é livre, pode ser lido por todos, e comentado por todos.
Só há uma pequena nuance, para se comentar tem que se ter um registo no google, registo esse que identifica o autor do comentário.
Simplesmente isso!
Eu sei que tu sabias Adelaide, este meu comentário é para os outros que não sabiam disto.
Marques

Joaquim Leça disse...

Adelaide,
Preciso de arranjar alguém que me digitalize a foto. Assim que conseguir isso, ela aparecerá! Está prometido!

Luísa Benevides disse...

Boa, Marques! Gostei da nuance e vou divulgá-la junto dos Bloggers que conheço, porque tal como aqui, volta e meia têm comentários de anónimos e nem sempre são agradáveis, levando a que recorram à "censura"...
Como não tenho muitas histórias para contar, continuo a deliciar-me com as dos outros (Graciete, fartei-me de rir com a teu conto de reis e rainhas, mesmo não conhecendo os personagens! ;)), e por isso só posso concordar com o outro Joaquim :)
Escrevam!!!
Beijos

Graciete disse...

Colegas menos "FÓSSES" e todos para para lá caminham,

Isto de angariar "fundos" para os posts é, realmente, uma tarefa muito difícil!!!
Tenho já alguma experiência neste ramo!
Saúdo-vos por constatar, pelas fotos bem documentadas que pude observar, que seguiram rigorosamente os passos que iniciámos, como os cortes nos cabelos, as pinturas nas caras, as praxes na cantina, também a rastejar...
Bem hajam!

Graciete disse...

Luísa,
Imagina agora, há 25 anos, como não seria?
Ainda há muitas histórias para contar!
Se conhecesses os personagens... são mesmo assim ... e muito mais!
Tive que encurtar a história, por razões de conteúdo, cuja linguagem poderia ferir a susceptibilidade das pessoas mais sensíveis!!!
Mas como vês, o Dom Carlos é um homem seguro do seu reinado, o que lhe dá direito a comentar como já viste, sem o menor problema!

Isabel Alvaro disse...

Joaquim,
Na qualidade de ultima Directora Oficial do Cábula, junto o meu pedido ao teu.
Que saltem os escrevedores, se for preciso ressuscitamos o Dr. Freud e tudo!!!!!

DIOGO disse...

Olá Joaquim e todos os outros.
Só muito recentemente tive conhecimento do blog e por isso ainda não participei. Mas lá chegarei, quando as histórias que vou lendo reavivarem as que estão lá no fundo. Lembro-me que nos tempos do Cábula já era difícil arranjar quem escrevesse.
Um abraço e até breve

diogo

Related Posts with Thumbnails