domingo, 11 de janeiro de 2009

MENSAGEM DO RUI AMADOR

1981
Rui Amador, Noémia, Bioucas
(no quarto do Bioucas, no Lar Masculino, hoje provavelmente um gabinete de um Laboratório)

1981
Ressureição, Canedo, Brito, Quim Lopes, Pedro TAP, David Lopes
To-Zé Montras, Manel Loureiro, Rochinha, António Campelo


Ex mo. Sr. Presidente Joaquim Marques, Teresa, Manel e Edgar

Em primeiro lugar quero dizer que é claro que tenho montes de saudades vossas assim como do excelente grupo que fomos capazes de criar nos Açores. Escrevo para os quatro em conjunto porque ainda não tive tempo de enviar um único voto de boas festas a ninguém e porque sei que não vão levar a mal. Escrevo ao Manel porque já há muito tempo que me pediu para voltar a entrar na família que não estão a deixar morrer. Escrevo à Teresa porque também me pediu para participar, para além de me enviar uma fotografia maluca. Escrevo ao Edgar porque me avisou do vosso encontro, para o qual com muita pena minha não pude estar presente e escrevo ao Joaquim Marques porque também sempre gostei dele para além de achar que a direcção da "Família" não poderia continuar a estar melhor entregue.
Já tinha encontrado as fotografias que vos envio há cerca de um mês, mas faltava digitaliza-las e acrescentar uns breves comentários. Ontem e hoje não fiz outra coisa. Está meio macarrónico mas se me perco agora a arranjar melhor o paleio e a ordem das fotografias nunca mais vos envio isto. Sendo assim, são livres de fazerem o que quiserem com as fotografias, assim como se necessário censurar ou melhorar o texto. Acho que os nossos três anos, sem dúvida marcantes para a história académica do pólo da Terra Chã, têm coisas muito interessantes a não deixar morrer.

(...)

Rui Amador

O nosso Rui Amador, além de uma excelente pessoa, um grande amigo, um valioso colega, foi o primeiro Tesoureiro da Associação Académica da Universidade dos Açores, pólo da Terra Chã, e guardava o dinheirito na mesinha de cabeceira do seu quarto, no lar masculino...

As próximas fotos publicas tu, Rui, vou mandar-te o convite para seres Autor!

Joaquim Marques

9 comentários:

Graciete disse...

Mas que grande surpresa e que boas recordações que me são trazidas aqui hoje. Que saudades de todos eles!
Rui Amador, obrigada por partilhares estas fotos connosco e espero que por cá apareças, para avivares as nossas memórias, que ainda falta muito, muito … para contar.
Beijinhos

MigBez disse...

Destas fotos só não tive ainda o prazer de conhecer pessoalmente os colegas Noémia e Bioucas... fica para breve. Ou Mealhada ou Sanjoaninas.
Rui, um grande abraço.

António Pedro Malva disse...

Obviamente que não reconheço ninguém nestas fotos (excepto os que foram meus professores) e duvido que alguém me conheça, mas sinceramente, não me parece que isso seja importante.

O que eu vejo na primeira foto, são 3 tipos que parecem estar a acampar dentro de casa e como sei que na Terra-chã as coisas nem sempre foram fáceis (mesmo para mim em 92, faria 11 anos antes!)imagino a determinação destes tipos, só para serem "alguém". Pergunto se terá valido a pena? Penso que sim, pois se as primeiras gerações tiveram mais dificuldades na sua caminhada, também tiveram uma recompensa maior à chegada! Talvez por terem o caminho tão aplainado, as gerações mais recentes tenham mais dificuldades no fim!
No entanto, todos temos uma coisa em comum: o DCA no coração e com ele mais que muitas histórias para contar.

Um abraço a todos

Presidente disse...

Pedro Malva,

Bonito, muito bonito o teu comentário!
Obrigado

Aqui está um exemplo de como um colega mais novo pode comentar um postagem com fotos de colegas mais velhos!

Graciete disse...

Temos um núcleo e várias orbitais. Distribuímo-nos pelas mesmas, em função do tempo. Somos um átomo!

Oli disse...

Presidente,
Ainda que considere preferível as postagens serem dirigidas a todos, reconheço que às vezes apetece usar o Blog como meio de colocar a conversa em dia com alguém ou alguns em particular.
Quando aparecem fotos de 1981 devemos vêlas e revêlas várias vezes pois são imagens da semente que cresceu até se tornar árvore, em plena emergência. Foi o que eu fiz.
Agradeço assim ao colega que colocou as foto, muito interessantes.
Faço minhas as palavras do Malva que com a sua capacidade de análise histórico/crítica situou muito bem as imagens no seu contexto.

Adelaide disse...

Estes ilustres srs. engenheiros, conheci-os já como professores (Brito e Horta Lopes) e os outros qdo foram entregar os estágios. Será que ainda têm força para jogar? Pela foto pareciam a equipa da peniticiária! Agora, batam!!!!

Carlos Solipa disse...

Grande Rui, já não me lembtava do Bioucas, obrigado pela recordação. O quarto dele era o 1º da ala esquerda, grandes tainadas se fizeram naquele lar, algumas á conta dos assaltos que se faziam ao frígorifico do lar feminino.

Adelaide disse...

Gosto da pose dos jogadores em pé, tudo de braços cruzados!!! Manel, e tu o que me dizes? A bola, não te escapou...

Related Posts with Thumbnails