sábado, 6 de dezembro de 2008

O sacrifício dos inocentes



O antes e o depois !
Mal sabíamos nós o que nos esperava! Ainda bem que pelo menos tiveram o bom senso de nos dar umas boas doses de anestesia, especialmente aos mais sensíveis.

(Agora é que os gajos do meu ano vão aparecer aos molhos. Aguns, que devem ser importantes, e ao verem as tristes figuras dos seus verdes anos, até se vão roer! E olhem que eu ainda tenho mais... muitas mais! E piores.)

16 comentários:

Presidente disse...

e-mail recebido:
IMAGINEM UM PINTOR FICAR SEM TELAS, A SUA ARTE IRÁ MORRER....

Nesta Natal, quero em primeiro lugar agradecer a TODOS, que no Mundo me deram Trabalho,

e nao deixaram a minha arte morrer!

Não tenho palavras para tantos amigos que tenho espalhados pelo Mundo. Muito Obrigado! Voces sao a minha maior riqueza!

Fui ao Brasil 2 vezes (Em Maio estive em 7 estados do Brasil), a Bucareste, a Berlim, a Sevilha, Cruzeiro pelo mediterrânico (Cadiz,, Tânger e Casablanca) Vários hotéis Pestana no Brasil promovendo o Vinho de Monsaraz etc. Em Portugal actuei varias vezes no Casino da Figueira da Foz, no Palácio Sotto Mayor, na BTL-bolsa de turismo de lisboa, Évora, Arruda dos Vinhos, Faro, MONSARAZ museu aberto, Convento do Espinheiro, Hotel Candelária, Horta da Moura, ÉvoraHotel, Loja Divinus, Restaurante Arena d'Évora etc

Desejo-vos um Feliz Natal e um prospero Ano Novo!

VISITEM O MEU SITE!

WWW.MARIODIMOITA.COM

your friend,
mario moita

Oli disse...

Falta ao Mário dizer que esteve em 1996 no congresso de zootecnia em Bragaça e que fo apanhado pela câmara em pleno assalto ao castelo de Bragança.
Postarei em Breve as fotos deste e do meu saudoso amigo Fred.

Um abraço.

António Pedro Malva disse...

André
já andas (tu e mais uns quantos), a ameaçar com postagens há muito tempo. Decidam-se.
Vocês são Zootécnicos, ou Agrícolas?
Os Agrícolas é que poderão ter o velho problema de nabos a mais e tomates a menos! Nós não.

Um abraço

Adelaide disse...

Estou a gostar, Malva! Mostra-lhes como é!!! Zootécnicos betinhos?? Só mesmo com cara pintada...

Adelaide disse...

Moita e tu não tens nada para postar, da altura do dca?

Adelaide disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adelaide disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adelaide disse...

Isabel Alvaro, desapareceste?

Jorge Rabiçais disse...

Olha lá Malva, afinal sempre é verdade que andas a fazer um doutoramento em tomates de engº agrícolas...!
Depois posta os resultados!

Atlante disse...

Depois de ler a carta aos pais do André, vejo na foto de cima, colegas que só tiveram o prazer de desfrutar da Terra-Chã durante 1 ano, mas que deixaram a sua marca...
D. Baco e o seu fiel escudeiro Zaqueu.
O Nuno Albufeira, conhecido pelas suas investidas à ala feminina do ano.
Fred

Oli disse...

D. Baco e seu fiel escudeiro Zaqueu ficam para a história como o mais surreal quadro que se pintou durante aquelas noites de abnegada falta de sobriedade.
Tenho uma foto do D. Baco fazendo-se transportar Rua da Sé abaixo, num lustroso exemplar da raça equina (asnar) qual D. Quixote de La Mancha. Nesta foto o meu grande amigo Bode partilha a sua preciosa cerveja com o sequioso bicho.

Graciete disse...

Mas o que é os colegas têm a dizer dos de Engª Agrícola?
Tenho muito prazer de o ser!
Alías, que seriam dos Zootécnicos que não houvesse os de Engª Agrícola!
Não se recordam da CADEIA ALIMENTAR?
Estão esquecidos!

António Pedro Malva disse...

Esclarimento

Caros colegas, não tenho rigorosamente nada contra os Ingrícolas. Como prova disso, cheguei a namorar algumas dessa ala, embora a minha preferência tivesse sempre recaído pelo CIFOP (como muitos se lembrarão), mas sem qualquer sentimento de descriminação. Foi pura casualidade.

Para responder ao Sr. de Rabiçais, a única licenciatura que tenho (além da Zootecnia) que me confere conhecimentos na parte agrícola, é em grelos. Tendo posteriormente feito um doutouramento, apenas numa variedade e da qual considero saber tudo. Mas descansem, que não publicarei nada sobre o tema.

Um abraço a todos

Oli disse...

Atesto que o Malva foi de facto um Casanova para as meninas do CIFOP

António Pedro Malva disse...

André, o meu muito obrigado.

Com o teu comentário, arrumaste-os de vez!
Penso que não mais restarão dúvidas. Mas se restarem, penso poder contar contigo e com mais uns quantos da nossa colheita para atestar com rigor o que acabas de afirmar.

Desta forma, mais ninguém me vai procurar se sou virgem(?!) ou ter dúvidas em relação ao que pretendo dos tomates. Principalmente tomates de estufa!

Um grande abraço

Oli disse...

Por esta altura já não eramos assim tão inocentes..

Related Posts with Thumbnails