sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Um pedaço de Memória...

Espalhados por essas arcas deverão existir mais pedaços como este, daquele que foi uma das minhas paixões... o NOSSO JORNAL O CÁBULA, do qual também fui director!Assim, abram arcas e postem estes pedaços de uma memória colectiva, que nada mais são que um pedaço da nossa nostalgia - e destas coisas boas nasce a história - a nossa história!
Bem haja!


24 comentários:

Graciete disse...

Rabiçais,
Em Ninfas falavas, e agora percebo o teu encantamento, mas o tempo suavemente passou e as ninfas, ou serão eternamente ninfas, ou será que as que amadureceram não serão agora Musas ou Deusas?

Joaquim Leça disse...

O CÁBULA, esse jornal que ajudei a criar e sabem uma coisa, apaixonei-me pela escrita e desde então, nunca mais fui o mesmo!!!
Obrigado, Rabiçais, por teres trazido uma das páginas do mais belo jornal feito por uns carolas como nós e outros tantos amigos d' O CÁBULA!!! Bem hajas!!!

Adelaide disse...

Agora percebi, porque é que o Amigo MAdruga não aparece e o Paulo Monjardino lá vem de vez em quando!
Quanto ao poeta, que continue inspirado, porque Rabiçais, dá para o verso e SABE-se Lá que mais!!

Presidente disse...

Para que conste!
Desbani a carmen&pesadelo(a brasileirinha), depois das Senhoras(Graciete e Adelaide) sairem do Chat, e os meninos, Carlos Mendes, Jorge Rabiçais e Joaquim Leça lá ficaram a despedir-se dela.
Para mim esta noite no chat foi hilariante. Quem não vai ao chat não sabe o que perde!
Ri muito, muito, muito!!!
Obrigado meus amigos(as)
Marques

Adelaide disse...

Só Devaneios....

Graciete disse...

Os meninos depois de virarmos as costas....ai, ai, ai!
Marques também me diverti imenso, e apesar das muitas tentativas que fiz para me escapar, entrava sempre alguém, e lá ficava...
A penitência que fiz, por tua causa, no post dos Santos deu-nos uma graça!
Um dos Santos apareceu no Chat!
Mas não me mandes rezar mais, por favor!

Joaquim Leça disse...

Faço minhas as palavras dos amigos que me antecederam nestes comentários. Foi a minha estreia no chat e adorei, principalmente pela interactividade com colegas que já não "falava" há tanto tempo e os outros colegas que (ainda) não conheço pessoalmente, foi bom teclar com vocês!
Obrigado, Presidente, por ter "desbanido" a Carmencita! Também me ri muito nesta madrugada!!!
QUERO MAIS!!!
Beijos e Abraços!

António Pedro Malva disse...

Como é que se faz para ampliar a página do Cábula?

Luísa Benevides disse...

Pedro, clica duas vezes em cima da imagem que ela aumenta!

JAGPacheco disse...

Malva são perguntas que não se fazem!
Estas coisas aumentam de tamanho sem qualquer explicação ciêntifica!
É tudo graças ao milagre das salsichas Nobre!

Um abraço Rabiçais, continua a escrever ... "In noites ébrias"
ZAP

Jorge Rabiçais disse...

Caros amigos,
a minha resposta a todos terá que ser à lider políto (um que me lembre pelo menos):

ponto um: Graciete as ninfas sempre me provocaram sentimentos estranhos e... muito bons! A questão de algumas se terem tornado Musas, sim, muitas, mas agora DEUSA - só tu! Bjinho

ponto dois: Quim, a melhor forma que tens de me agradecer, é presentear este blog com as tuas participações e com "pedaços de memória" que sei que guardas religiosamente... por isso, Leça, posta os cábulas que sei que tens todos os números, não tivesses sido tu um exemplar director do mesmo! Abraço!

ponto três: Adeleide, de facto o verso está um pouco à vista, o sabe-se lá que mais... é isso mesmo... nem eu sei! Bjinhos

ponto quatro: Presidente, obrigado por desbanires a barsileirinha, foi uma noite enesquecivel... ela já marcou passagem e tudo, e como não sou egoísta, fica uns dias em S. Miguel, depois vai até à Madeira e finalmente é minha para todo o sempre - obrigado presidente e obrigado Alvares Cabral - Deus é grande o o barsil também!
quanto ao resto, de facto foi uma noite fantástica - do melhor...Abraço presidente

Ponto cinco: Malva, então, não sabes como se aumenta... espera que no ponto seis tens a resposta.Abraço!

Ponto seis: Malva lê o comentário da Luisa.
Obrigado Luísa por teres ensinado ao Malva como se aumenta...bjinhos!

Ponto sete: ZAP, obrigado pelo incentivo, mas, a melhor forma que tens de o fazer é escreveres, também tu, coisas belas e sábias, pois a tua veia não pode ficar por esporádicas participações!
Este blog ficará mais rico se tu te disposeres a isso, como tal, eu também te digo, continua a escrever ... "in noite ébrias", que afinal tens uma cota parte de responsabilidade nessa rubrica. abraço!

Ponto oito: Reafirmo o que escrevi na minha primeira participação - a missaõ do Blog é o REENCONTRO!
Fico feliz por isso estar a acontecer!
bjinhos e abraços!

JT disse...

do cábula:
agora que o leio, salta à vista o trabalho do "editor", juntar na mesma página os "Devaneios" de rABIÇAIS, com o "Pra cima e Pra baixo", uma mistura super-explosiva!!!.
O rABIÇAIS, nessa época, já evidenciava que estava na academia errada, ainda hoje teima em ser horticultor de 2,5ha, sob-coberto, em regime convencional, ou seja, NÃO-BIOLóGICO,...

Graciete disse...

Oh Jorge,
Mas que elenco de personas e palavras mescaldas, mas tão dirigidas.
Para além disso, não posso deixar de constatar que fui a primeira a ser referida.
Muitas vezes os últimos são os primeiros e o inverso, ou coisa parecida, não é!
Mas acredito piamente se serei sempre a tua DEUSA ... só eu!

Jorge Rabiçais disse...

Sim, DEUSA, Reafirmo, DEUSA só tu!
JT, não me importo que o editor tenha feito essa escolha, e se a fez teve os seu motivos, por certo, quiçá, para que os par cima e pra baixo podessem ser lidos, nada melhor que coloca-los na pagina com mais share, do Cábula!
Quanto a estar na academia errada, pois não sei, o que sei é que esses vossos fundamentalismos não matam a fome ao mundo!
Além do mais, vocês teimam em confundir agricultura convencional com aquela que é feita de acordo com as normas e regras da PI e Prod. Integrada, que é a que eu faço - mas admiro a vossa persistência, o que não admiro é a vossa intransigente teimosia em não aceitar quem não é igual a vós!
Um dia lá chegaremos, e pode ser que estejamos todos unidos pela mesma causa, e que seja uma causa maior e não uma de um loby de meia dúzia de fundamentalistas!

JT disse...

Academia de Letras

Marco Nunes disse...

Espero que as edíções do cábula guardadas nos baús vão aparecendo. Lendo esta página, mais em particular "A nova lei das propinas (lei 5/94)" lembrei-me da manifestação que fizémos desde a Universidade até à Secretaria Regional da Educação em Angra com cartazes e tudo! Tendo em conta que ia à frente do cortejo (segurando, juntamente com outros, um cartaz que fazia quase de um lado ao outro da estrada) tive direito à minha única aparição na comunicação social, fomos fotografia de primeira página do "Diário Insular". Aliás esse jornal publicou umas belas fotos, manifestantes de cabelo rapado (foi no meu ano de caloiro) e cerveja na mão. Gente responsável.

JAGPacheco disse...

Marco também me lembro desta manifestação muito participada. Fiquei impressionado com a presença de pessoas que até então só as tinha visto entrar e sair das aulas. Ingenuamente pensei que se estavam a iniciar na vida académica do DCA. A esta distância tenho a certeza que estavam ali porque propinas “mexe no bolso” e este facto aumenta a sensibilidade para as causas públicas.
Naquele tempo a cadeira de estatística era o grande “cavalo de batalha” do DCA e muitos se arrastavam até ao quinto ano com ela por fazer. Vai daí, surge também uma manifestação, silenciosa, á porta do departamento á espera do docente da cadeira o professor Maio. O que reivindicavam nunca ninguém percebeu, mas exibiam um cartaz com os seguintes dizeres “EM MAIO Á PRIMAVERA”.
ZAP

Mendes disse...

Grande Rabiçais!
Amigo e poeta! Fizeste bem em meter o Cábula cá para fora. Agora é preciso que o nosso Joaquim Leça responda positivamente ao desafio que tu lançaste.
Quando cheguei ao DCA (em 83/84) havia também um jornal muito bom e terrível que se chamava "O CONTRA". Quem se lembra?

Graciete disse...

Mendes,
"O CONTRA" foi o primeiro. A Dona Helena deve ter as fotocópias dele.
Mas s estão no baú ... lá ficarão.
Mas por aqui acho que há quem as deve ter!
Mas não tinha nada de poético!
Era mesmo muito perigoso!
Vamos esperar que os fundadores o publiquem.

Adelaide disse...

Com este blog fiquei a conhecer o fundador do Contra, mas tb sei quem o seguiu, pelo menos no 1º Contra que saiu quando entrei!Eram prosas de escárnio e maldizer! E lá iam juntamente com o Gil Vicente, nas suas barcas...e avionetes!

Presidente disse...

Eu também já ouvir falar no "CONTRA"... era uma coisa clandestina, dizia mal de tudo e de todos, falava de coisas íntimas, sabía de tudo, parecia que estava sempre em cada esquina. De vez em quando, quebrando a pacatez da pequena Academia, lá aparecia alguém aos berros a correr do bar para o quiosque do Ti Jorge " SAIU O CONTRA" e passados 10 minutos estava difundido por toda a Terra Chã! Quem o editava devia de ser um terrorista formado nas escolas da ETA...
Quem foi o autor?! Não sei, nem me interessa: não respeitava ninguém, nem professores nem a mim.

Jorge Rabiçais disse...

Amigo Marco, essa manifestação foi algo que pôs tod a academia unida... ainda bem!
Quanto à manifestação contra o Maio, tembém eu estava à porta do DCA, e lá entoru o prof. da mala, gravata e nós, calados com esse fabuloso cartaz, que, não sei s efoi por isso ou não, as coisas relamente mudaram um pouquito (foi a minha sorte, senão ainda hoje lá andava ... lol).
O Cábula, de facto vai aparecer, pois o Joaquim não é homem para recusar desafios, por isso Mendes, é esperar até que ele compre uma multifunções para fazer scaner dos Cábulas (pai Natal, uma multifunções para a Rua J. Ornelas nº 8 - Funchal).
Mendes, ainda bem que falaste no Jornal o CONTRA, pois aí está uma coisa que eu não sabia, e pelos anos que passei na AECAH, nunca vi vestígios do mesmo, pelo que, se alguém sabe da sua existência, era mesmo bom que fizessem postagens; nós somos adultos e acho que aguentamos com a força demolidora do Contra (pode ser que descubramos a careca a alguém eh, eh)!
Abraço a todos e bjinhos pras mesmas!

Joaquim Leça disse...

Rabiçais,
Como te disse no sábado passado ao telemóvel, Dezembro está a chegar e com ele virá a impressora "4 em 1" para poder digitalizar "O Cábula" e muitas fotos tiradas entre 1988 e 1994.
Mas como dizias, vamos com calma, porque se não a malta esgota as ideias rapidamente!
Abraço!

P.S. - Obrigado por teres dado a minha morada ao Pai Natal. Pode ser que ele leia este comentário e me ofereça a desejada "4 em 1"!!!
;-)

Veloso disse...

Olá a todos.
é com muito gosto que revejo paginas do cábula...
também me lembro perfeitamente da manifestação em se representava o maio com o saco de boxe. na verdade, ZAP, a inscriçõa era "depois de maio a Primavera" aquele abraço
Veloso

Related Posts with Thumbnails