terça-feira, 4 de novembro de 2008

Bagosdeuva … os Originais … e … os Verdadeiros!

A história que aqui comecei, e que pensei que por aqui ficava, afinal não acabou!
BACO também está presente em todo o lado!
Quando a nossa colega Dina “caçou” dois dos nossos colegas desaparecidos e indicou o link, reparei na fotografia nos nossos colegas, que em boa pose apareciam, e registei o nome do Blog. E não havendo nenhuma indicação mais precisa que Bagos de Uva, pelo menos que desse conta, colei-os logo ao Blog, na minha mente.
Pois é. Estava errada!
Estive quase a diluir com água, a nossa boa colheita!
Somos Bagos de Uva Originais mas os Verdadeiros estão aqui:
http://bagosdeuva.blogspot.com/2008/11/bagos-duva-os-nicos.html
Os colegas de Engenharia Agrícola certamente reconhecerão a “Casa Agrícola Brum” e “Museu do vinho da ilha Terceira”, nos Biscoitos.
Eu também lá fui, à famosa Casa, enquanto aluna. Já estava, felizmente, no final do curso!
E para além da aula prática de poda de vinha, que fizemos nos então Serviços Agrícolas dos Biscoitos, lembro-me do meu Prof. de vitivinicultura, a convite do proprietário da referida casa, nos ter levado a efectuar umas provas, algumas, de diversas angelicas e não sei se de outras, que foram deveras apreciadas e saboreadas.
Recordo-me também que os Serviços Agrícolas tinham um campo de experimentação e que já tinham frutos das colheitas efectuadas.
E o nosso Prof. bem nos ensinava a prova de degustação, e nos alertava para a cor, o cheiro, o corpo, a acidez, o aroma, o sabor persistente ou não, mas … ao fim de algum tempo, a prova era mesmo persistentemente MAIS!
Sei que conseguem imaginar como regressámos à Terra Chã!
Quando saí do jipe e vi o nosso Prof. de contabilidade e gestão agrícola, o Eng.º Santana, sei que lhe disse:
- Isto é que são aulas práticas!
O que me valeu foi que já tinha as cadeiras que ele leccionava todas feitas!
Mas a componente prática da poda ficou bem aprendida.
Quanto às provas de degustação, embora tenha sido à pressa, devido a tanta abertura de garrafas, também aprendi.
E sabem que já se ouve nos bastidores, que a nossa “Confraria de São Miguel”, poderá ter direito a umas provas!
Os Confrades vão de ter escolher o Santo! Miguel será o nome, o padroeiro, mas podem lá caber muitos santos!
Como achei esta dinâmica de troca de Blogues interessante, não quis de deixar de partilhar convosco o caminho que o meu post levou, e a todos nós.

17 comentários:

Presidente disse...

"Era o vinho
meu bem
era o vinho
era a coisa que
eu mais adorava"
(...)
Desde essas provas, que nunca mais deixaste de fazer degustações, e no sábado passado foi mais uma né, Graciete?
Diz ao senhor do blog, que fui eu, o Presidente, quem construiu este blog e tornou possível a vossa aproximação, por isso não se esqueçam de mim nas próximas provas.
Até porque sou trineto de grande vitivinicultores do Dão, e todos os anos vindimo...
Não te esqueças aqui do amigo, Graciete!
Beijinhos

Adelaide disse...

Afinal, isto da Confraria vai dar frutos, porque vinhos já temos quem nos ofereça, não é Dina? e é apenas com um pequenino tráfico de influências

Graciete disse...

Presidente Marques,

Se leste o link viste que o Sr. Brum acaba o seu post assim:

"Endereçamos aos Administradores do Blog dos Antigos Alunos de Ciências Agrárias e Redactores os melhores êxitos."

Como viste ele não se esqueceu de ti. Nós é que podemos esquecer!

Nos "Êxitos" é que poderá estar a virtude!

Mas a Confraria irá ponderar a sua abertura, embora sempre limitada!

Graciete disse...

Adelaide,
Temos que convidar os colegas Dina e Barbosa para a nossa Confraria.
Não é por nada, mas são também de S. Miguel.
E como as provas de degustação são agora elevadas no preço, pode ser que os futuros confrades possam contribuir para que não se tornem tão pesadas!
O que achas?

Adelaide disse...

Sabes que para confratenização estou sempre pronta!

Presidente disse...

Graciete,
tás cá uma negociante!
Eu, fiquei sem saber se irei provar um gole do vinho do Sr Brum, O Barbosa e distinta esposa, estão já na calha para serem esfolados... Ó Maria! Cadê os ensinamentos cristãos?

Graciete disse...

Adelaide, e que tal irmos às vindimas do Sr. Presidente, não para vindimar, mas como conhecedores de provas de degustação!
E o Dão ... é uma boa região demarcada.

Graciete disse...

Oh Marques, já estou como os outros que só visitam e não fazem comentários. Pois não é que estava esperançada que reconhecessem os Santos e Santas e foram só uns 5. É tudo Protestante! Pois, agora sigo o exemplo...

Adelaide disse...

Pois, vindimar só para o ano, mas provas é em qualquer altura.

Presidente disse...

Olha que até ao lavar dos cestos é vindima, e só se prova o vinho novo no S. Martinho, que por acaso é para a semana: Convidas-me para ir à confraria beber uma garrafinha do Sr. Brum?

Graciete disse...

Temos agora que convidar rapidamente a Dina, para degustarmos no S. Martinho. Achas que dá tempo?
E depois tratamos do Sr. Presidente.

Presidente disse...

Risos, com a força que estamos, acabamos por transformar os comentários neste post a um segundo xat!
Vidinha boa!

Graciete disse...

Adelaide e Marques,
Só a Dina é que nos pode salvar!
Se ela pedir à irmã, já que o cunhado deu autorização, pode ser que venha a tempo.

Presidente disse...

A Dina colocou uma bonita Mensagem lá no Livro de Visitas, e também entrou no xat, mas só disse olá, e foi cuidar do seu General!

Graciete disse...

Não vi a Dina. Agora há tantos lugares para a malta se perder!

Graciete disse...

Infelizmente, não tenho colegas que possam testemunhar no Blog, apenas o Paulo Monjardino, aquele dia nos Biscoitos, iniciado com as podas.
Teriam, certamente, mais lembranças a acrescentar. Ainda me lembro de algumas ... mas eles cá não andam!
Mas foi um dia inesquecível!

Presidente disse...

Caro Presidente,

Já faz muito tempo que nós não nos viamos, posso recordar que foram nas aulas de Geografia em que eras meu director de turma, presumo que tenha sido em 1982. De qualquer forma envio a minha foto (válida).
Abraço,
JT

Related Posts with Thumbnails